Em live feita ontem para ”seletíssima” plateia , o procurador-geral da República esculhambou a Operação Lava Jato

Efeito disso , a Rede Globo está absolutamente histérica em sua defesa da Operação Lava Jato.

É assessoria de imprensa pura e simples.

Todos os jornalistas da emissora concordam entre si que a ”Operação” é a ”coisa” mais importante da história do Brasil.

O abraço de afogado da emissora da família Marinho em Deltan Dallagnol e Sérgio Moro explica porque eles são , uma coisa só.

A argumentação da Rede Globo é a de que o discurso de Augusto Aras é ”o mesmo” da defesa de Lula. Não é verdade , mas é revelador do desespero da emissora da família Marinho e seus paus mandados.

A Rede Globo tenta impedir a queda inexorável do ”lavajatismo” porque , assim que a ”turma” cair , leva junto seis anos de mau jornalismo , feito à base de vazamentos ilegais e uma agenda canalha e criminosa.

Muitos ali ganharam um bom dinheiro explorando essa ficção dos templários de Curitiba como Vladimir Netto , por exemplo , filho de Míriam Leitão , autor de livro publicado , inclusive , em Portugal. No lançamento , estavam a sua mãe e Sergio Moro. Prefácio de Fernando Gabeira , que excursionou com Deltan Dallagnol em palestras.

A festa acabou , literalmente.

Leandro Scala é historiador e ativista politico

Fonte: https://www.facebook.com/scala.leandro

Deixe uma resposta