A pré-candidatura do vereador Tiago de Jesus (MDB) parece mesmo que não deixará de ser um carrossel ambulante até a reta final da pré-campanha, e da campanha eleitoral 2020.
O principal fator que fez Tiago de Jesus entrar nesse jogo para maioria do eleitorado é um mistério, mas não para quem acompanha os bastidores da política local. Não também, para quem, em algum momento dos últimos anos teve conversas com os agentes políticos das pré-candidaturas de Sérgio Pinheiro (DEM, Helder Lazarotto(PSD) e Plínio Schmidt (Cidadania).É nesse Triângulo das Bermudas que ele está inserido
Thiago de Jesus ensaiou a alguns dias uma saída da cena pré-eleitoral, alegou estar cansado e sem estrutura de campanha para enfrentar os favoritos do Jotismo e Betismo.
Na verdade, o edil tinha tudo para ser o fato novo e a terceira via tão desejada para eleitor de Colombo, porém, no meio do caminho o político se viu obrigado a repensar seus projetos, por alguma pressão externa que vem recebendo dos velhos políticos de Colombo, e dentro dos grupos que domina a política local há mais de 15 anos. O vereador não aguentou e cedeu… (eu sei porque tive contatos com esses agentes)
Thiago não é dono da sua pré-candidatura,não tem nem o dominio do seu partido.  Thiago é dono de seu discurso populista, da sua empatia, da sua simpatia junto ao seu eleitorado, e isso já estaria negociado, ao que parece, até o mês de setembro, em que deve deixar a disputa para favorecer alguma dessas pré-candidaturas do grande poderio econômico de Colombo. Até fica na disputa para bater em algum adversário que atrapalhe os planos de outros politicos da Gestão de Negócios, ganhar a eleição é outro papo…
Durante os últimos 15 dias o vereador andou rodopiando, para lá e para cá, sempre dizendo que era candidato,vacilou quando disse que  estaria disposto até sair da disputa para apoiar Sérgio Pinheiro, ou fazer uma aliança com Plínio, além de começar a pegar leve com Hélder Lazarotto.
Como nada disso se concretizou Thiago vai levando o jogo, como manda o figurino de quem o colocou nessa parada, ou seja: Morde e Assopra com a mesma intensidade com que disfarça sua indignação.
Na verdade Thiago de Jesus  não é candidato para ganhar,e não porque não tenha condições, tem e muita, e sim porque é pré-candidato para ajudar outra pré-candidatura…Beti Pavin não gasta energia atoa, pense nisso, eleitor

Deixe uma resposta