Até ontem, o ESTADO DO PARANÁ apresentava doze casos confirmados de contaminação pelo COVID19, Campo Largo e Pinhais eram os únicos municipios da Região Metropolitana com pessoas infectadas.

Também no dia de ontem,  a prefeita Beti Pavin (PSDB) fez um pronunciamento em sua página no Facebook, quando anunciou a suspensão de todas as atividades escolares e outros eventos ligados à Prefeitura em âmbito municipal.

Quem segue a página da alcaide, notou que os comentários tocantes a falta de um hospital em Colombo foram muitos, além da precária infraestrutura do sistema de saúde.

Ainda, que a Santa Casa fosse uma unidade se atendimento com pouco recursos, já bastaria, para atender os casos, que por certo irão surgir em Colombo. O hospital em outros tempos sempre foi referência na região norte da RMC.

Agora vem o embate politico, infelizmente, a “culpa dessa questão é do povo”…ao menos é o que alegam os politicos de plantão, mais preocupados com seus negócios, do que com os 8 anos de gestão ( a promessa de reativação da Santa Casa foi feita em 2013, na posse da prefeita)perdidos á espera de uma solução.

Em 2016, ano da reeleição da prefeita, o vice-prefeito Sérgio Pinheiro, atual pré-candidato á sucessão de Beti Pavin, e seu partido, o PP de Ricardo Barros e Cida Borguetti, vieram para Colombo, falaram, fizeram e aconteceram, e até chegaram colocar o hospital em funcionamento, logo que o pleito passou, nada de novo ocorreu, a Santa Casa está fechada e indo para leilão.

Não adiante culpar a oposição feita por Hélder Lazarotto pelo fechamento da mesma, Beti Pavin teve dois mandatos, de 1997 a 2004 para resolver a questão também, e seu secretário de saúde era Hélder Lazarotto, mas a prefeita era ela, e nada aconteceu, nem mesmo nas gestões de Dalprá e Strapasson, que sabiam da necessidade de Colombo ter um hospital público com capacidade de atendimento, também sentaram em cima do do problema e nada aconteceu, e quem sabe da história, sabe que a Santa Casa apresentava problemas desde de 1983.

Neste ano eleitoral, onde tudo  vai ser focado na politica, a tragédia da pandemia do COVID19, têm tudo para jogar a eleição no colo de Hélder Lazarotto, e o pré-candidato do PSD, está sendo responsável neste momento,  tratando do assunto apenas no sentido de esclarecer a população sobre a letalidade da doença, não faz demagogia barata com a tragédia, até porque se ele tivesse ganho a eleição de 2016, esse assunto ou teria um desfecho positivo, ou também cairia no descrédito, o que é improvável pelo que prometeu em palanque.

A promessa de Beti Pavin para ganhar de Zé Vicente, em 2012, (sem contar aquilo)  foi clara: ” Eu vou reabrir a Santa Casa, nem que seja com dinheiro do meu bolso” Eis tudo!

Postado por Felipe Cesar

Deixe uma resposta