Com a provável saída do vereador Anderson Prego da sigla, junto com seu grupo, o Partidos dos Trabalhadores de Colombo terá como tendência cair no ostracismo, e não passará de uma sigla de aluguel, nas mãos da nova executiva sob o comando de Onéias Ribeiro, que apesar de não ser presidente, faz e desfaz dentro da legenda.

O PT colombense nascido na década de 80, e teve até a entrada de Onéias Ribeiro uma postura de acordo com sua história de luta pelas pautas populares, a partir de Onéais Ribeiro houve uma mudança radical, e muitos petistas históricos deixaram a sigla, ficaram apenas os militantes deslocados da politica, e aqueles, que de alguma maneira foram beneficiados pelo ex-presidente da CÂMARA DE VEREADORES, que em 2008 esteve envolvido em um caso de extorsão, seus direitos politicos foram cassados por conta da lei da ficha limpa, e hoje age nos bastidores para eleger Hélder Lazarotto (PSD), o pré-candidato do grupo de Jota Camargo a prefeito de Colombo, em 2020.

Por outro lado o vereador Anderson Prego, não deixou que o partido morresse, mesmo na fase mais dura ficou dentro da legenda e se reelegeu vereador em 2016, contra todas as previsões.

Se o PT tem alguma importância dentro do cenário politico da cidade atualmente, isso se deve a luta do vereador, no sentindo de fazer renascer o PT ideológico e das lutas por causas, que muitas vezes não são olhadas pelos demais partidos.

Os votos obtidos pelo Dr Rosinha, candidato a governador do Estado, em 2018, cerca de 8 mil votos, foram conquistados pelo grupo do vereador, até porque o ex-vereador Onéias Ribeiro e sua esposa Michelli Mocelin estavam dentro da campanha de Ratinho Júnior.

Sem a presença de Anderson Prego, em 2020, O GRUPO 100% de Hélder Lazarotto, imagina tirar um concorrente que lhe tira votos na disputa, uma verdadeira operação “Tabajara”, pois se Prego sair e for pré-candidato por outra legenda, ele vai tirar muitos votos do grupo, uma vez que têm apoio de movimentos e grupos engajados em sua possivel pré-candidatura.

A verdade é uma só, e com anuência da presidente nacional da legenda petista: Onéias Ribeiro só sabe ser petista na hora boa, em que pode usar a sigla para seus interesses. Os votos do PT são de Prego. Eis tudo

 

Deixe uma resposta