(22/07/2019)

Em nota divulgada pela Agência Estadual de Notícias, o Governo do Paraná confirma a contratação da empresa Maxi Frotas para fazer a manutenção dos veículos oficiais do Estado. O contrato emergencial de prestação de serviços foi assinado na última sexta-feira (19), com valor máximo de R$ 38,6 milhões e vigência de até 180 dias. Dez milhões a mais, se comparado ao período de seis meses do contrato anterior, com a JMK, de R$ 56 milhões ao ano.

“É um valor muito acima do esperado. O estado do Paraná vem sofrendo há tempos com contratos irregulares, temos enfrentado situações complicadíssimas e agora, mais uma vez, não estão aplicando o dinheiro do povo de forma responsável. Qual a lógica em onerar ainda mais esta contratação?”,questionou Requião Filho.

Uma CPI em curso na Assembleia Legislativa, que investiga fraudes na prestação de serviços da JMK, já apurou um valor em torno de R$ 125 milhões em prejuízos aos cofres estaduais. Ainda não há previsão para contratação efetiva de outra empresa para fazer o serviço.

Em 2016, o Deputado Requião FIlho já havia denunciado o sucateamento da frota de viaturas da PMPR. Na época 1,4 mil estavam paradas por falta de manutenção. cerca de 30% do total de automóveis existentes na ocasião.

Assessoria de Imprensa
Deputado Estadual Requião Filho (MDB – Paraná)

Deixe uma resposta