Inaugurado em dezembro com a intenção de prestar atendimento a mais de 450 mil habitantes, de 20 municípios da região de Guarapuava, o Centro de Especialidades Médicas segue fechado. A denúncia chegou ao Gabinete do Deputado Requião Filho por moradores que precisam de atendimento médico especializado e aguardam, sem previsão, o início dos trabalhos.

O Governo do Estado investiu R$ 13 milhões na obra e na compra de equipamentos. Recentemente anunciou a liberação de R$ 20 milhões para 19 consórcios intermunicipais de saúde, incluindo o responsável pela unidade de Guarapuava, mas até agora, nenhum atendimento foi realizado no local.

Questionada via Lei de Acesso à Informação pelo Deputado Estadual Requião Filho (MDB), a Secretaria de Saúde afirma que não há previsão para o início das atividades do Centro de Especialidades.

Inaugurado em ano de eleições, o Centro não tem previsão oficial para entrar em funcionamento. Esse tipo de estelionato eleitoral precisa acabar! Pedimos um cronograma à SESA, que afirmou estar em fase final de aquisição de equipamentos. Vamos continuar fiscalizando para que não se transforme em mais um desperdício de dinheiro público. De nada adianta inaugurar algo dessa magnitude e não colocar à disposição de quem precisa da saúde pública”, afirmou Requião Filho.

FOTO: DÁLIE FELBERG / ALEP

Assessoria de Imprensa
Deputado Estadual Requião Filho (MDB – Paraná)

Deixe uma resposta