No último sábado (11) eu fiz um desafio para a prefeita Beti Pavin, na minha página no Facebook. Nele eu propus o seguinte:  
Se a BETI me der a assessoria de imprensa para tocar por 4 meses, e se nesse período eu não levantar o ibope da administração, além de diminuir em 40% os gastos com publicidade e pessoal, eu vou embora de Colombo.

Não, eu não sou melhor que ninguém, e nem sou o dono da verdade e da razão. Não pretendo e nem tenho condições de fazer dessa proposta uma briga pessoal com ninguém, muitos menos com o atual assessor de imprensa, WALDIRLEI BUENO, que na minha opinião foi um dos melhores vereadores de Colombo, um educador que eu respeito desde os tempos em que o conheci, lá na década de 80, quando ainda era um guri idealista e cheio de sonhos. Apenas acho que nas ultimas gestões, tanto de Jota Camargo, como de Beti Pavin, a prefeitura gasta muito dinheiro com o setor e gasta mal.

Minha primeira proposta:

1- Criar a Agencia de Noticias de Colombo, sem gastos a mais para o municipio, apenas usando a estrutura que já tem. Com ela a obrigatoriedade de produzir conteúdos e divulgar para as diversas midias ficaria a cargo dos jornalistas que a prefeitura já possui.

2-  A partir da criação da Agência, os blogs de Colombo poderiam sim reproduzir as matérias, mas com uma condição: de cada um deles seria exigido a produção de material próprio com foco nas demandas dos bairros, seriam porta-vozes dos anseios da população para dar um norte para as secretarias. Os blogs ou sites segmentados teriam que direcionar seus conteúdos para suas áreas, exemplo: Jornal Balançando a Rede, na área de esportes.

3- Esses blogs e sites teriam suas verbas, mas essas seriam auditadas e tornadas públicas. Os veiculos também seriam monitorados diariamente, para ver se estão cumprindo o que deles seriam exigidos.

Deixe uma resposta