O processo de revisão do  Plano Diretor Municipal (PDM) realizou nesta sexta-feira (10) na Paróquia Santa Terezinha, no Guaraituba, a segunda oficina comunitária, inserida dentro da etapa de Diretrizes e Proposições, a segunda prevista dentro do cronograma, sendo que a  primeira fase de Diagnóstico foi concluida em 13 de Junho.

O Plano Diretor teve sua revisão aberta em 21 de maio, a previsão de término de acordo com o cronograma está marcada par o dia 19 de setembro, com a realização da quarta audiência pública no Salão Paroquial da Comunidade Maria Imaculada, no bairro do São Gabriel.

Na primeira etapa de diagnóstico, a presença da comunidade e de entidades foi mais abrangente do que a atual fase. O fato deve-se em muito ao inverno e o desinteresse da população em levar suas ideias e sugestões para que a Secretaria de Urbanismo e Habitação, comandada pela engenheira socialista, Tãnia Mara Tosin, venha a ter mais conteúdos para finalizar a Revisão do PDM. Dos 17 vereadores do legislativo, nem 50% deles participaram de todas as audiências e oficinas realizadas até agora.

O Plano Diretor Municipal foi elaborado e entregue na segunda gestão de Beti Pavin, e entregue em fevereiro de 2004 devidamente aprovado pela Câmara de Vereadores, a primeira revisão que era para ser feita na gestão Jota Camargo em 2009, não foi realizada, com isso todo planejamento do PDM ficou comprometido, uma vez que de 12 em 12 anos o PLANO DIRETOR  deve ser atualizado e debatido com a sociedade e entidades.

Para a secretária Tânia Mara Tosin (PSB), Colombo é um municipio que cresce a cada dia. Nossa missão é  para construir uma Colombo cada vez mais organizada, com crescimento sustentável e respeito ao meio ambiente. Essa revisão do Plano Diretor está nos dando a oportunidade debater o que vamos querer para o nosso futuro.

Cronograma do PDM

Fotos: Da ágina do vereador Anderson Prego

 

 

Deixe uma resposta