O Presidente do PMN de Colombo e pré-candidato a deputado estadual, César Rozek, vai brigar por uma cadeira na Assembleia Legislativa na próxima eleição de outubro, e o carro-chefe de sua campanha será a causa animal, sem deixar para trás as demandas que um deputado estadual deve atender, como: segurança, educação, esporte, cultura, infra-estrutura e muitas outras que estão inseridas no contexto de um bom trabalho parlamentar. A causa de Rozek é de fundamental importância para a saúde e o meio ambiente, além de outros fatores que convergem para uma sociedade mais justa e humanitária. Leia abaixo o artigo do site JusBrasil

Em artigo publicado no JusBrasil Por que defender os animais e considera-los como sujeito de direito

Tratar dos direitos animais é mais que uma questão ética, é também uma atitude de saúde pública, de economia, de sociologia, entre outras tantas vertentes que saíram deste contexto.

O abandono de animais pode resultar em acidentes de trânsito, disseminação de doenças, gastos em controle populacional e deseducação das pessoas em relação à vida. Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde, em sua publicação científica “Saúde nas Américas – 2007”, apontou que a saúde dos animais está intimamente ligada a saúde dos seres humanos, incluindo também a disseminação de doenças inter-espécies:

A aparição de doenças infecciosas como a AIDS nos últimos 20 anos, e os brotos recentes de doenças como a encefalopatía espongiforme bovina (EEB) e a variante da doença do Creutzfeldt-Jakob (vECJ), a síndrome respiratória aguda grave (SARS) e a gripe aviária A (H5N1), atraíram a atenção pública, particularmente pela propriedade que têm de propagar-se entre diferentes espécies, incluído o ser humano.

Outro problema que muitas pessoas não encontram relacionamento com os maus-tratos aos animais é a violência social, sendo que as pessoas que os maltratam são consideradas como insensíveis, sem piedade, que, se punidos, possuem uma recuperação difícil, por não considerarem crime atos contra os animais.

O responsável pela violência está dirigindo sua raiva, sua frustração, para o ser mais vulnerável, que inicialmente será um animal, podendo depois partir para agressões a crianças, mulheres e idosos. Quem agride um animal está a um passo de agredir um ser humano.

Com o advento da Constituição Federal de 1988, passou-se a tutelar a fauna, in casu (em causa), todas as formas de animais não-humanos, em seu artigo 225, elevando-se a proteção do bem ambiental, e conseqüentemente a fauna e os animais domésticos, a condição de direito fundamental, conforme entendimento de Antônio Herman Benjamin:

Na tarde desta terça-feira (17) mantivemos contato com César Rozek e como defendemos sua candidatura a deputado estadual achamos ser relevante expor as ideias do pré-candidato.

Colombo Atenta: O carro-chefe da tua campanha é a causa animal, elencando com essa questão como você pretende atuar caso seja eleito?

César Rozek: Sim, esse é nosso carro-chefe, e dentro dele nosso principal objetivo é a instalação de hospitais públicos veterinários nas 22 Regionais do Paraná, só aqui na Região Metropolitana serão quatro: Colombo, Campo Largo, São José dos Pinhais Araucária.

Colombo Atenta: Nosso municipio tem politicas voltadas para a causa animal?

César Rozek: Não existe, não há nem castração, por esse fator é que há muitos  cães e gatos espalhados e  abandonados pela cidade.

Colombo Atenta: Como você pretende atuar nas outras frentes?

César Rozek: Como parlamentar a gente tem que saber que todos os recursos tem uma destinação, seja ela educação, turismo, segurança, cultura, urbanismo etc…vamos trabalhar de acordo com essas premissas. O que não podemos é fazer como outros candidatos que prometem fazer mil coisas e acabam não fazendo nada. Se a cumprirmos com nossa meta de colocar a causa animal bem encaminhada já será uma grande vitória, pois dentro dela muitas questões serão resolvidas. Por isso é sempre bom ter um carro-chefe e não prometer tudo. É bom pegar uma causa e lutar por ela na tentativa de resolver do que não resolver nada lutando por várias coisas.

Colombo Atenta: Como está a questão da Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba?

César Rozek: Ela só tem o escritório em Curitiba, a chácara onde ficam os animais está em Colombo. Isso quer dizer, que além dos nossos animais aqui do municipio, ainda importamos de Curitiba e não recebemos a contrapartida deles.

Colombo Atenta: Como conscientizar o povo dessa causa?

César Rozek: É o que me perguntam sempre: “Não temos nem como cuidar da nossa saúde e vamos dar saúde para animal?”, mas o importante é ressaltar que toda a verba que vem das esferas estadual e federal é carimbada. Todos os recursos que vem para a educação, só pode ser usados em Educação, assim como para a Saúde humana, Segurança, todas as verbas são carimbadas e não há como desviar a destinação delas. O que o pessoal não sabe é que a CAUSA ANIMAL também tem sua verba e só pode ser destinada para esse fim. E nas cidades do Paraná e aqui em Colombo, ou os agentes públicos não sabem disso, ou não querem saber, pois existem verbas e eles não recolhem esses recursos, com isso Colombo fica sem ter como resolver o problema . Se não há projetos para essa finalidade, as verbas voltam para seu destino de origem, a verba existe, basta ter boa vontade para fazer algo. Não estamos tirando dinheiro da saúde pública ou da educação como muitos pensam.

Colombo Atenta: Você já tem esse projeto para as instalações dos hospitais?

César Rozek: Sim, já temos o projeto e como pré- candidato a deputado estadual, garanto que não irá custar um centavo para os cofres do municipio, até o imóvel onde iremos instalar os hospitais serão locados, não haverá construção de novos prédios ou salas, assim fica tudo às claras, pois todos irão saber o valor do aluguel. O Fórum de Proteção Animal que será aberto aqui no municpio, será para receber sugestões de todos, e a escolha para a localização do hospital será por escolha democrática, sem a necessidade de construção, os atendimentos serão abertos assim que se defina o local. Esse projeto é sustentável, não depende da reeleição do deputado César Rozek, só não acontece agora no Estado por falta de interesse politico, se nós fizermos isso para os animais e colocarmos em Colombo quem vai passar vergonha é a atual administração, pois a gente vai estar tratando melhor os animais do que a  prefeitura trata o ser humano. Com isso a população irá perceber que talvez esteja na hora de trocar a gestão.

Nesta terça-feira a partir das 19h30 tem live com César Rozek no Facebook https://www.facebook.com/cesar.rozek.5

Deixe uma resposta