Fotógrafo de casamento turco se recusou a fotografar o casamento de uma adolescente e puxou todo um debate sobre essa prática cultural daquela região turca

O fotógrafo Onur Albayrak foi cobrir o evento sem saber a idade da noiva. Lá descobriu que ela tinha 16 anos e que ela estava tremendo e bem nervosa. Na região de Malatya é um comportamento conhecido como as esposas meninas da Turquia. O tipo de situação que já teve destaque negativo na imprensa mundial e que não é aceito por todos nem no próprio país. O fato é que o fotógrafo se recusou a clicar o casamento e acabou brigando com o noivo (que teve o nariz quebrado). Onur disse que foi ameaçado. Que será processado por não fotografar o casamento como tinha sido combinado. O fotógrafo ganhou fama pela atitude nas redes sociais e virou destaque em sites de notícia.

O fotógrafo turco Onur Albayrak

A decisão dele também parece influenciar assessoras (mais de 100) do país que disseram que vão recusar a participação e organização de qualquer casamento envolvendo adolescentes e adultos. O mais estranho é que a lei turca é contra casamentos de menores de 18 anos. E que só em alguns casos com autorização da justiça é possível uma adolescente com 17 anos se casar. Contudo, culturalmente segue sendo aceito e matrimônios continuam acontecendo entre meninas e homens naquele país. Sobretudo na região sudeste da Turquia. O governo do país diz que só 5% dos casamentos envolvem menores. ONGs garantem que o número é maior. Seja como for, a revolta do fotógrafo e a forte divulgação desse caso levanta o debate e pode ajudar a mudar essa prática por lá

Fonte: https://fhox.com.br/

Deixe uma resposta