Nunca me diverti tanto com uma invasão como essa do Triplex no Guarujá.
1º:  como ocorreu a invasão. Como um grupo “consegue” pular um muro, “subir” 16 andares de escada e ninguém ver ou ouvir nada?

Só depois da invasão concluída que o medo se instaurou, por conta da algazarra e a falta de respeito para com os moradores, sem contar o medo de terem seus apartamentos invadidos.

Isso é uma das versões que rola sobre a invasão, tem várias outras…para todos os gostos e estilos. Essa sem dúvida foi a mais engraçada e surreal.

 

: o fato de a polícia federal estar investigando o caso como esbulho possessório. Mas pera aí? Até onde lembro, das conversas com meus amigos advogados, por um processo de família exatamente sobre o tema, o esbulho possessório é a retirada violenta do legítimo possuidor de um imóvel – residencial, rural ou comercial. Mas pera aí? O tríplex não é do Lula?

Lula não está preso? Então como ele foi retirado à força do imóvel?

 

3º: Como a mídia vem tratando o caso: antes o tríplex era dado como sendo do ex Presidente Lula agora, ele, é somente atribuído ao ex presidente Lula.
Outro pera aí…Mas não era certeza como 2+2=4 que o tríplex era do Ex  presidente? Como agora é somente atribuído?

4º: O que pipocou de entendido em reintegração de posse nas redes sociais não estava escrito.
Pior, dizendo que a posse era da União. Cadê meus emojis no word? Só isso para descrever a minha cara ao ler tanta sandice.
Esse povo não sabe, ou não quer ler ou estudar sobre assuntos específicos. Se tá no Facebook é verdade.

5º: a avaliação do tríplex. Cara, juro que estava achando que o tríplex valia pelo menos uns R$6 milhões, não sei se é porque estou acostumada com os preços surreais dos imóveis em Brasília, mas pasmem, o tal tríplex da discórdia foi avaliado somente em: R$ 2,2 milhões. E o leilão, até o momento não obteve nenhum lance.

Esse é o preço de um apartamento simples, em um prédio com mais de 60 anos, sem nenhuma área de lazer ou piscina, a maioria originais – sem nenhuma reforma-  na Asa Sul ou Norte de Brasília com a metade, ou até menos da metade de m2 do triplex . Lula, na boa, agora você passou recibo de otário! Preso por conta de um apartamentinho classe média….afff
Para maiores informações sobre o leilão, segue o link:
www.canaljudicial.com.br/auction/offerDetail.htm?offer_id=1360877&auction_id=64845#barranavegacaoleilao

6º e última: alguns meses atrás no twitter havia escrito que os advogados do ex presidente estavam marcando bobeira. Se eu fosse advogada dele, já tinha pedido a transferência do imóvel para seu nome, com base na sentença do Moro, confirmada pelo TRF4.

Os advogados não pediram, o MTST foi lá e peitou. Agora Moro está numa sinuca de bico, já que a única pessoa que pode pedir a reintegração de posse do tríplex é quem detém a propriedade. Mas pelo site do leilão o tríplex está em nome da OAS.

Pior, se o apartamento É do Lula como todos afirmam, como a Macife AS Materiais de Construção pediu, em 2016, leiam bem, em 2016, a penhora desse mesmo imóvel entre outros da mesma OAS?

Mistérios…
Até a próxima semana

Rita Gomes Todeschini é blogueira de Brasilia

Deixe uma resposta