Além de estar envolvido em vários escândalos de corrupção, e agora sem foro privilegiado oficial,mas como tucano terá a vantagem de concorrer a eleição para o senado e depois ser julgado, assim como Geraldo Alckmin e Marconi Perilo, e se vencer a disputa eleitoral, assume e volta novamente a ter a proteção da “Lei é para poucos do juiz Moro” , e não se fala mais nisso na Globo, na Gazeta do Povo e na grande midia golpista… Beto Richa, parceiro da prefeita Beti Pavin de Colombo, nem precisaria de ser um dos “marginais’ da politica para ser escanteado pelo eleitor de Colombo em sua caminhada rumo á Brasilia, pois só o fato de não ter concluido 6,3 quilômetros da Rodovia da Uva durante os 7 anos e 4 meses de gestão à frente do Governo do Estado basta para simbolizar a pior administração de um governador para o povo colombense em sua história, nem Haroldo Leon Pérez ( cassado ) foi tão mediocre, sem contar que Richa não cumpriu nem 20% das promessas de campanha para com o municipio e sua população.

Se for levado em conta que o ex-governador terá com certeza a proteção da “lei é para poucos de Moro e sua turma”, é bom ficar atento e prestar atenção nos cabos eleitorais do tucano: Beti Pavin, Hélder Lazaroto e toda a base aliada da prefeita na Câmara de Vereadores. Abra o olho eleitor!

Deixe uma resposta