Fazia tempo que eu planejava vir a público e romper o silêncio acerca de tudo que aconteceu comigo após ter sido vítima de dois erros médicos (o primeiro, que foi a causa de tudo foi de um fisioterapeuta da Clínica Oásis; e o segundo, a busca da solução) que fizeram minha vida virar do avesso de uma hora para outra.

A grande maioria das pessoas que me conhece, cerca de mais 70%, não sabe como tudo isso teve início, já que sempre me viram bem, apegado ao trabalho e a muitos ideais de vida que projetei desde a minha infância.

Trazer à tona a verdade de um fato que envolve um drama pessoal misturado com uma série de fatos ligados a gente da política que era minha área de atuação, e envolvendo dentro desse cenário, pessoas com quem você conviveu e fez parte dos teus projetos para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, sem visar lucros ou ganhos de ordem pessoal não é muito tranquilo. Até pelos laços de “amizade” que nortearam essas relações por mais de 20 anos.

Mas era preciso dar uma resposta para não ter que levar isso para o túmulo, e até para que aqueles que me conhecem ficassem a par da verdade. Eu digo verdade porque essa é a parte que está faltando para todos sacarem que foi passada uma versão por parte daqueles que deveriam ser solidários e companheiros e não foram – e até hoje essa versão perdura. Eu jamais teria como mentir sobre um assunto tão sério e que levou minha vida para o anonimato por mais de 17 anos e para a inércia em seu auge.

O livro estará disponivel em breve , foram necessários alguns ajustes na revisão final e por isso não foi publicado nesse final de semana

Deixe uma resposta