Com divulgação na manhã desta terça-feira (27) da aposentadoria do ex-candidato da oposição , Hélder Lazarotto,  publicada no Diário Oficial do Municipio do dia 22 de Fevereiro e assinada pela prefeita Beti Pavin , Colombo virou o paraiso do servidores privilegiados com altos salários (Hélder Lazarotto  se aposentou com mais de R$14,000,00 ) , uma verdadeira terra de marajás , e isso este site já vem denunciando desde do ano passado , quando publicou a seguinte matéria: Pacotaço: Elles não irão se aposentar como você , clique no link ao lado>https://colomboatenta.com.br/2017/06/23/elles-nao-irao-se-aposentar-nao-comuns-como-voce-barnabe/ .

De lá para cá muito se falou nesses privilégios e dos altos vencimentos que essa casta iria embolsar por mês , neste periodo já se aposentaram a secretária Liamar Costa , com um salário de R$11,000,00 , Almir Ceccon , assistente administrativo com polpudos R$ 14,000,00 , e agora Hélder Lazarotto , vem mais por ai , é só você aguardar , e com salários maiores .

Hélder é o simbolo dessa festa podre que eles armaram para nos convencer de que é assim que funciona mesmo no país dos manifestoches que tão bem a Escola de Samba Paraiso da Tuiuti retratou em seu desfile de carnaval e foi noticia internacional . Ele é o destaque da festa porque está investido na condição de opositor de Beti Pavin e de tudo que essa gestão e a de Jota Camargo representaram e representam para a degradação moral da politica marginal desta Brasil , ele até tentou esconder o fato com falsas argumentações , mas devia saber que não basta aparentar aquilo que não é e nunca foi , é preciso ser , só que esse não é seu perfil e nem combina com seu status  de politico jovem e abastado sustentado por um bando de seguidores despolitizados e sem ideais  , porém com práticas envelhecidas e com os mesmos vicios de quem ele critica . Essas quantias exorbitantes para alguns inativos tem o ranço do aportunismo politiqueiro e bem exposto todos os dias pela midia , é mais do que recebe um médico em atividade ou um professor , e de gente que com o mesmo cargo recebe em sua inatividade cerca de R$1,500,00 , a aposentadoria em si é legal sob tofos os aspectos , o imoral é meter a mão no cofre do erário dessa maneira com a ajuda de prefeitos (as) que deveriam estarem presos nesse momento , mas que vão sobrevivendo graças a essa quadrilha de oportunistas que eles mesmo criam com a melhor ração que há dentro desse pasto nojento , a grana fácil para no fim do mundo se chafurdarem todos em seus lamaçais de mentiras e ambições pelo poder , o caso de Hélder até passaria batido , não fosse ele o pseudo-arauto da moralidade , enquanto isso os usuários do sistema de saúde fazem fila para conseguir uma cartela de Paracetamol . #BASTA

Deixe uma resposta