Não era para dar outra coisa a não ser a lógica , a operação Lava Jato bateu na porta do Palácio Iguaçu nesta quinta-feira (22) , com deflagração da Operação Integração que está apurando casos de corrupção em processos de concessão de rodovias do estado . O alvo principal das investigações é Nelson Leal Junior , diretor do departamento de estradas e rodagem do Paraná , e homem de confiança de Beto Richa  e dos tucanos . Além dele foram detidos pela PF , o diretor da Econorte, uma das concessionárias favorecidas, Hélio Ogama, e o diretor da 3W Engenharia, Carlos Nasser , assessor da Casa Civil teve seu gabinete investigado , mas não foi preso porque o Juiz Sérgio Moro negou o pedido do MPF em razão de sua idade ,68 anos . Leia mais detalhes clicando ao lado >>>http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/casa-civil-de-beto-richa-e-alvo-de-buscas-da-48-a-fase-da-lava-jato/

Em Colombo onde tem apoio tanto de Beti Pavin que é sua aliada e colega de partido , bem como de Hélder Lazarotto (PSD) , diretor do Hemepar e aliado de primeira hora e um dos articuladores da pré-campanha de Ratinho Junior (PSD) , ex-secretário de Desenvolvimento Urbano de Richa , tudo está indo conforme o roteiro programado pelos dois pombinhos , ninguém ataca e nem critica o governador , nenhum deles se posiciona , e os dois ainda irão dividir o palanque para apoiar Richa ao senado , se ele puder concorrer , mas como a votação do fim do foro privilegiado subiu no muro lá no Congresso nacional , e Moro não prende tucanos , é certeza que Richa estará na disputa , enquanto o povo de Colombo está esperando um sinal dos céus para abrir os olhos com essa gente .

Deixe uma resposta