A matéria veiculada na tarde de quarta-feira (31) por este site informando que o ex-candidato e opositor de Beti Pavin na eleição de 2016 , Hélder Lazarotto (PSD) , iria se aposentar , agora , no final de fevereiro ,  com um salário de R$15,000,00 , foi intensamente debatida e comentada nas redes sociais  , mas  como sempre costumamos fazer , ouvimos o outro lado da questão , a do servidor público Hélder Lazarotto , isso foi feito na parte desta manhã , e como sempre diz o mestre em jornalismo Heródoto Barbeiro : “agora vamos ouvir o outro lado” .

O Colombo Atenta sempre se pautou pela isenção e preservação das fontes , mas também jamais se eximirá de dar voz ao contraditório , essa é a nossa marca e o nosso compromisso com os nossos leitores . Vamos a entrevista com Hélder Lazarotto:

O funcionário Hélder Lazarotto entrou na prefeitura em que ano?

Em 1978

Como está essa questão noticiada da sua aposentadoria?

Eu gostaria de agradecer o espaço concedido pelo site , e também quero afirmar e reafirmar : embora já tenha direito por lei à minha aposentadoria , não é isso que farei em final de fevereiro como foi noticiado aqui .

Quer dizer que o senhor não irá se aposentar?

Isso mesmo! Eu não posso pregar uma coisa em palanque e fazer outra na prática , ainda que seja legal.

Qual os quais os motivos?

Como já disse , embora a lei me conceda esse direito , eu ainda tenho muito que contribuir para  minha cidade , meu estado e meu país.

Isso quer dizer que não existe processo em trâmite de pedido de aposentaria?

Não existe e nem existirá tão cedo , sou um homem público hoje , e que têm um desejo de fazer a transformação de Colombo junto com meu amigo Professor Alcione Giaretton , e nosso projeto de governo em 2016 foi marcado por um novo modelo de administração pública , onde o exemplo deve começar por nós politicos . Estou na ativa no Hemepar , não seria  coerente com minha história e nem leal com meus eleitores , se contar que ainda estou gozando de perfeita saúde

O valor de R$15,000,00 está correto ?

Também não , foi uma informação errônea , o cálculo terá que ser feito a partir da entrada do processo , e como não pretendo me aposentar , isso só será definido no momento apropriado , de acordo com lei. E a aposentadoria é pelo que contribuí ao longo  dos anos e não pelo valor que recebo agora

Então o senhor nem sabe o quanto irá receber caso se aposente?

Sim ! O  valor real não sabemos , porque nem existe o tal processo de aposentadoria , eu teria que entrar com o pedido para saber , né?

Grato pelos esclarecimentos 

Eu é que fico grato pelo espaço , e sempre estou a sua disposição para debater Colombo

NOTA DO EDITOR

Há hoje dentro da Prefeitura de Colombo um enorme contingente de servidores que em breve terão direito a aposentadorias polpudas , e isso deve inviabilizar a Colombo Previdência em pouco tempo , uma vez que a arrecadação é pequena . Em 1983 , o então prefeito João Chemin , tio de Hélder Lazarotto , revogou uma lei de autoria do prefeito Djalma Jhonsson e aprovada pelo legislativo , que concedia pensão vitalicia a esposas de ex-prefeitos falecidos , uma fortuna que estariamos pagando até hoje , como no caso da aposentadoria aos ex-governadores do Estado.

Deixe uma resposta