O Presidente da APMC sindicato dos professores de Colombo , presidido por Claudinei Duarte de Lima (foto), emitiu nesta  terça-feira (23) uma nora oficial de esclarecimento público sobre as reivindicações da entidade no tocante as questões salariais e as pautas gestionadas junto a prefeitura de Colombo .

Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE TERÇO DE FÉRIAS, PISO NACIONAL 2018 E DATA-BASE 2018;

PISO NACIONAL 2018: Foi publicado no DOU do município, no dia 22/01, a Lei 1457/2018, cumprindo assim a Portaria 1.595/2017, onde o piso do magistério para jornada de 40 horas foi reajustado em 6,81%, passando de R$2.298,80 (2017) para R$2.455,35 (2018) a partir de janeiro de 2018. A APMC SINDICATO continua requerendo junto a Prefeitura a atualização do valor na TABELA SALARIAL para todos os profissionais do magistério, a fim de evitar o “achatamento na TABELA SALARIAL”, onde os educadores infantis até 5 anos de carreira acabarão recebendo o mesmo valor, sem nenhum ganho real nos seus vencimentos. Por exemplo, um educador recém contratado estará recebendo o mesmo calor de outro que já saiu do estágio probatório ou até mesmo se encontre com 5 anos de efetivo trabalho ao município.


DATA-BASE 2018: foi publicado no DOU – Diário Oficial do Município, o Decreto 004/2018, concedendo 2,95 % (dois inteiros e noventa e cinco centésimos por cento) como REPOSIÇÃO SALARIAL para todos servidores públicos, ativos e aposentados. 


A APMC SINDICATO, continuará cobrando da gestão municipal maior valorização dos trabalhadores em educação e demais servidores, visto que mesmo sendo concedido a reposição salarial, não haverá GANHO REAL para nenhum servidor municipal, apenas a inflação do período.


AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 2017: de acordo com a Lei 1221/2011, deverá entrar no contracheque de fevereiro, onde os professores, educadores infantis e demais trabalhadores em educação deverão AVANÇAR uma referência na TABELA SALARIAL. Lembramos que em 2017 ficaram 9 meses pendentes, visto que não foi pago os valores RETROATIVOS de fevereiro de 2017 a outubro de 2017.


TERÇO DE FÉRIAS 2017: segundo informações do DPRH – Departamento de Recursos Humanos, será lançado no contracheque de janeiro, onde os servidores municipais receberão no início de fevereiro, a exemplo do que já ocorreu no ano anterior.


PROGRESSÕES; ADICIONAL DE MÉRITO: o sindicato está acompanhando o DOU- Diário Oficial do Município e demais órgãos da prefeitura sobre o pagamento das progressões, adicional de mérito e outras pendências. Caso permaneça tal situação sem apresentação de um calendário de pagamento, conforme já divulgado amplamente, o Departamento Jurídico continuará entrando com AÇÕES JUDICIAIS INDIVIDUAIS para os sindicalizados que estão com suas progressões, adicional de mérito… pendentes desde 2015 ou até antes desse período a fim de que os mesmos sejam REENQUADRADOS corretamente da TABELA SALARIAL, bem como recebam os 5% referente ao ADICIONAL DE MÉRITO (2ª e 3ª pós/especialização)…

APMC, JUNTO, COM E POR VOCÊ..

Para o presidente Claudinei Duarte de Lima , a atual gestão não cumpre com os compromissos de campanha para a classe

“A prefeita fugiu do debate com a APMC em 2016 não comparecendo , isso já demonstra que não estava disposta a atender as demandas dos professores , sendo que uma das promessas de campanha era a criação do Conselho Municipal de Educação , além da eleição para diretores(as) dos CMEIS , mas isso é deixado para trás por interesses politicos .” Claudinei Duarte de Lima

PLANO DE GOVERNO – COLOMBO “CONFIANÇA PRA AVANÇAR”

EDUCAÇÃO

• Ampliar o programa de inclusão digital com ênfase aos alunos da rede pública;

• Dar continuidade as ações do plano de metas da educação, alinhado ao Plano Municipal de Educação criado pela lei 1373/2015.

• Manter a distribuição de uniforme e material escolar no início do ano letivo;

• Manter a merenda escolar de qualidade aos alunos da rede pública e da Educação Infantil;

• Democratizar as ações na área da educação pública em interação direta com os professores e a comunidade;

• Ampliar, melhorar e intensificar o atendimento pelas CMEIS municipais e pré-escolas;

• Implementar políticas visando a valorização dos professores e educadores; (Não está cumprindo)

• Intensificar as ações de contra turno;

• Ampliar investimentos para segurar espaços adequados e ambientes escolares para permitir uma oferta diversificada de projetos de educação integral;

Deixe uma resposta