Em inicio  de 2017 quando assumiu seu quarto mandato com prefeita de Colombo , uma das primeiras medidas tomadas pela prefeita Beti Pavin foi lançar um pacotaço de medidas para contenção de despesas , com a alegação que teria de contornar a crise financeira , além cancelamento da 54a edição da Festa da Uva  , Beti Pavin também fez outros cortes nos gastos da prefeitura .

O interessante é que no seu plano de governo de 2016 , quando foi reeleita , a prefeita sequer notou que essa crise já vinha assolando o país , e não planejou junto com sua equipe o cancelamento da Festa  , prejudicando os agricultores e o comercio local que já haviam realizados investimentos visando a realização do mesmo .

Os movimentos culturais da cidade protestaram contra o cancelamento , o fato rendeu até um documentário ” Crise de Identidade” produzido pelos ativistas de canal ColomBom e artistas do municipio ,  premiado no Festival de Cinema de Pinhais .

A prefeitura não ouviu as partes que deveriam estar envolvidas para realização do evento , apenas alegou que os grandes shows nacionais custam caro e a administração não tinha como arcar com tais despesas , deixando claro que o importante da tradição do evento não era a preservação da tradição resgatada por Jota Camargo em 2005 ( Beti Pavin já havia descartado a festa em sua gestão anterior)  , mas sim o marketing e o retorno politico , sendo que a prefeitura já havia gasto antecipadamente com midia , realização do baile para escolha da rainha e pré-contratos com artistas. A desculpa não colou e os agricultores ficaram a ver navios .

Na realidade , Beti Pavin tinha sim motivos para cancelar a Festa da Uva , mas também prometeu planejar a retomada do evento para 2017 , em outros moldes , o que não irá acontecer ,  que faltou foi mais uma vez a falta da verdade quando do lançamento do plano de de governo , no vale tudo para ganhar a eleição .

CHECAGEM

PLANO DE GOVERNO 

“CONFIANÇA PRA AVANÇAR

AGRICULTURA E ABASTECIMENTO 

Parceria entre Agricultor e Secretarias para plantio/reflorestamento com acompanhamento técnico para proteção e preservação das nascentes;

Incentivos e parcerias com Cooperativas e Agroindústrias;

Modernização e ampliação da Patrulha Agrícola Mecanizada;

Ampliação da coleta Verde, PAA Municipal;

Implantação do Programa Nossa Horta; • Criação de programas para fomentar a diversificação da produção rural sustentável; •

Modernização do Programa de Incentivos a Piscicultura e Fruticultura;

Mercado Municipal – viabilização e estruturação para comercialização da produção agrícola e artesanal do município;

Fomentar a Festa da Uva e Feiras de Produtores;

Deixe uma resposta