Os politicos de Colombo , principalmente os mais jovens , como Maicon Martins , ainda não levam em conta que a prefeita Beti Pavin não venceu quatro eleições para prefeita do nada , ela é sagaz e sabe que para chegar aonde está foi preciso criar uma rede de tráfico de influência muito grande , não só em Colombo , como também no Paraná e no Brasil.

Quando ao final do ano passado o PMDB local , então presidido pelo ex-vereador Alan Tattoo , foi repassado novamente para o comando da ala governista , estava claro que a intenção da prefeita não era apenas fazer o jogo politico para 2018 , mas também calar a voz de Maicon Martins , o jovem ativista que estava desnudando a gestão de negócios da alcaideza  com sua lives no Facebook .

Maicon Matins é um rapaz de bons principios e um politico cheio de sonhos , um deles é pleitear uma vaga na Câmara de Vereadores em 2020 , o discurso estava indo bem , até Beti e Anibelli acertarem a “negociata” , como Maicon é assessor do deputado e têm familia , tinha duas alternativas : ou ia para os braços da prefeita , ou ficava sem o cargo de assessor , como a situação está “russa” , não restou saida .

Se a prefeita conseguiu em 2016 tirar do jogo o poderoso empresário Plinio Schimidt , essa situação de cala boca geral em quem fala mal da administração , não ficaria sem a devida resposta agora. Eis tudo

Deixe uma resposta