Na quinta-feira (28) , eu , Elias Glaucio , administrador deste site publiquei aqui a matéria ” 25 mil motivos para Eliane Tosin estar rompida com Gilberto Pavin” CLIQUE AO LADO https://colomboatenta.com.br/2017/09/28/25-mil-motivos-para-eliane-tosin-estar-rompida-com-gilberto-pavin/

O enfoque principal do artigo se referia aos bastidores da politica de Colombo , mas em dos trechos do texto eu cito entre parênteses um fato familiar envolvendo a familia Tosin , que na verdade está fora do contexto , pois jamais poderia ter cometido tal erro , uma vez que estava me referindo a duas figuras públicas da politica de Colombo , e os familiares da familia Tosin , de ambos lados não deveriam constar no texto , pois ao fazer isso ,  muitos leitores podem generalizar o fato e confundir questões politicas com  questões familiares , coisa que nunca existiu no relato citado , até porque os empresários da familia Tosin e irmãos da Dra Eliane Tosin nunca tiveram seus nomes e de sua empresa ligados a politicos e aos bastidores da dela.

Na noite desta sexta-feira (29) fui interpelado pelo senhor Luiz Tosin , um dos responsáveis pela empresa  da familia , que com razão me questionou sobre o fato e disse que a empresa está tomando as devidas providências judiciais para que o fato não venha a prejudicar a mesma. Segue o texto abaixo

” Prezado Gláucio, com relação ao texto publicado em rede social no seu blog no dia de hoje, fiquei extremamente incomodado com a ironia caluniosa utilizada no texto “.( as duas são primas , e nunca se bicaram , desde dos anos 90 , quando um negócio envolvendo a herança da familia .Quem conhece o caso saberá o quanto a familia de Tânia foi sacaneada).” Os demais integrantes da família, que nada tem de simpatia pelos engôdos da classe política deste pais, sobretudo no momento complicado que vivemos, consideraram seu comentário maldoso quando afirmou que alguém foi “sacaneado”. Versou sobre um assunto do qual não tem o menor conhecimento. Não discuto e nem gosto de política, mais com relação ao ocorrido na década de 90, quando dos ajustes de heranças familiares, esse sim conheço bem. E lhe asseguro que sua afirmação é inverídica, caluniosa e fútil, É falta de caráter afirmar em rede social o que publicou, passível de responsabilidade criminal inclusive. Te informo que a partir do conteúdo publicado, será registrado um termo circunstanciado, já repassado aos advogados da empresa em questão, onde você será convidado a justificar e provar o que quis dizer que nós por aqui “sacaneamos” alguém. Quanto as falácias políticas do texto, essas nem vou me ater, pois como já disse tenho nojo desses assuntos, não sobrevivo e tampouco tenho qualquer dependência desta classe. Aqui trabalhamos com seriedade, com muito afinco no intuito de sustentar mais de 150 famílias ligadas diretamente a empresa, com um conceito muito distante deste que você irresponsavelmente colocou. Aqui ninguém “sacanea” ninguém. Sacanagem é coisa de gente desonesta, o que não é nosso caso.’ Luiz Tosin

Segue o texto da matéria:

Agora , Eliane se aliou com a chefe de gabinete , Vera Pavin , e as duas nem disfarçam mais que mandam e desmandam no pedaço , isolando Gibe Pavin e sua esposa Tânia Tosin das principais decisões do executivo( as duas são primas , e nunca se bicaram , desde dos anos 90 , quando um negócio envolvendo a herança da familia .Quem conhece o caso saberá o quanto a familia de Tânia foi sacaneada) . 

Quando coloco as divergências entre as duas personagens públicas em questão , não erro , mas erro quando cito que um dos motivos seja a questão familiar , quando na verdade a questão é politica e começou no governo de Lordes Geraldo . Esse é fato que abordarei em momento apropriado .

Peço desculpas aos familiares da Dra Eliane Tosin e da Dra Tânia Tosin , e responderei em juizo se preciso for através do meu advogado . Errei e assumo , um texto mal colocado dentro de um contexto veridico , é razão sim para se questionar e merecer a devida retratação , já feita .

Elias Glaucio

 

Deixe uma resposta