O deputado estadual Requião Filho rebateu em plenário nesta quarta-feira a apresentação feita pelo líder do governo, deputado Luiz Claudio Romanelli, a respeito da Operação Quadro Negro. Com apresentação de quarenta minutos na tribuna com direito até mesmo a uma apresentação de planilhas completas em power point, o líder do governo explicou o passo a passo dos trâmites burocráticos que envolveram a contratação da Construtora Valor e do escândalo envolvendo a cúpula da Secretaria de Educação por desvio de dinheiro público na construção de escolas no Paraná, em 2014.

“O pior cego é o que não quer ver. Não questionamos a burocracia, mas todas as denúncias que aproximam estes escândalos do governador. Diga-me com quem andas e te direi quem és. Não foram uma, nem duas. São pelo menos cinco denúncias que, por ‘coincidência’ envolvem o nome do governador. Ele tem que explicar o dinheiro nas caixas de vinho, o favorecimento de seu irmão nas delações da Odebrecht, as acusações do primo distante em corrupção, o piloto parceiro de corridas, Maurício Fanini, todos envolvidos em diferentes escândalo, como o da Quadro Negro. Não é a assinatura do governador que estamos questionando, mas sua péssima escolha de sua equipe de trabalho. A minha convicção diz que suas campanhas não foram feitas com dinheiro limpo”.

Confira o pronunciamento do deputado na íntegra:

Assessoria de Imprensa
Deputado Estadual Requião Filho (PMDB – Paraná)
41 3350-4295 | 99917 0200

Deixe uma resposta