Na manhã desta segunda-feira (4) o blogueiro Maicon Martins denunciou em sua página no Facebook mais um caso de nepotismo e de mau uso do comando de cargos públicos por parte da prefeita de Colombo , Beti Pavin (PSDB) .

A chefe do executivo colombense foi eleita em 6 de janeiro deste ano para a presidência do COMESP ( Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná , e para não perder o embalo “assistencialista” para abrigar seus amigos e familiares , logo tratou de encaixar alguns deles no orgão .

Leia a denúncia de Maicon Martins:

PODE ISSO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ???

Em 2014 a Justiça determinou que a Prefeitura de Colombo, exonerasse 14 funcionários que eram parentes de vereadores ou de assessores da administração municipal. A ação movida pelo Ministério Público (MP) por nepotismo envolvia filhos, pais, sobrinhos, tios e cunhados de políticos e funcionários públicos da cidade.

Mas como “grupo” é “grupo” , a Prefeita  Beti Pavin, “A Beti Pavin , Nossa Prefeita”  nomeou alguns nomes de sua confiança em cargos do Consórcio Metropolitano da Saúde, do qual é Presidente, entre os nomes estão o ex-vereador Antônio Batista, Valquíria Pavin Barbosa ,filha da chefe de gabinete e prima da Prefeita (Vera Pavin), além de Geovane Alves Moreira, esse um dos demitidos por nepotismo. Link ao  lado – https://www.facebook.com/maicon.martinscolombo

Em 6 de julho o site Colombo Atenta já havia feito a divulgação da ação de prefeita , conforme a matéria abaixo , só não divulgou os nomes e nem as portarias , uma vez que a fonte do site não repassou , ou seja , tudo veio a se confirmar hoje com a postagem de Maicon Martins.

 

 

MATÉRIA PUBLICADA NESTE SITE EM 6 DE JULHO

Denúncia: Presidência do Comesp é um dos motivos para Beti Pavin não dialogar com os médicos

A prefeita de Colombo, Beti Pavin, não conversa com os médicos e tem seu motivo pessoal, só pra variar!

Um prefeito da região metropolitana de Curitiba relatou o esquema da prefeita de Colombo, para superfaturar com a saúde do município, fazendo o que os tucanos amam, terceirizar, e de quebra, resolver seu “problema” de nepotismo.

Beti Pavin virou presidente da Comesp, Consorcio Metropolitano de Saúde, onde já pendurou seus cabides, é só investigar a informação do prefeito, dos nomes que estão lotados, reparar os que possuem P. (de Pavin), e outros nomes conhecidos que tiveram que ser exonerados da Prefeitura/Câmara
Ela não fala com os médicos e não tem interesse nenhum em resolver o problema com os profissionais concursados do município que restaram, porque vai fazer a terceirização do SAMU e da UPA através do consórcio que se tornou presidente.
Nota do site:
Não podemos revelar a fonte da matéria pois estamos amparados pela lei. 

 

 

Deixe uma resposta