A semana começou quente, no último dia do mês de julho, Bolsonaro, um perfeito populista que está crescendo entre a direita radical, anunciou sua ida para o PEN – Partido Nacional Ecológico.

O que me espanta é que o propenso candidato à presidência não é muito adepto das causas ecológicas, inclusive já foi flagrado pescando em uma unidade de conservação federal de proteção integral, em Angra dos Reis RJ, e autuado pelo IBAMA. Se for condenado por crime ambiental poderá ver seu sonho de se tornar candidato à presidência da república adiado em pelo menos oito anos.

Como se não bastasse, logo após o flagra, propôs o Projeto de Decreto Legislativo, PDC 916/13, visando proibir que os agentes ambientais portem armas de fogo. Revanche ou medo???

Para piorar, contrariou seu guia espiritual, o Pastor Silas Malafaia, ao trocar o PSC pelo PEN. Dizem por aí que Malafaia não gostou nada da mudança.

No PEN o clima é de insatisfação total. Algumas lideranças influentes do partido e alguns membros estão desembarcando da legenda, como fará em breve a vereadora Nina Sousa, líder do prefeito na câmara municipal de Natal (RN), insatisfeita com o ingresso do indigesto Bolsonaro no partido.

Já o presidente estadual do PEN no Rio Grande do Norte, o advogado Luiz Gomes, também está de saída e ainda complementou: “princípios são inegociáveis”.

Você achou que era só isso? Não! Para bagunçar ainda mais, Bolsonaro quer mudar o nome do partido, afinal ele não se dá lá muito bem com o meio ambiente. Veicula-se que entre os nomes favoritos estão PRONA e ARENA. No caso poderá ser ARENA, mas, pelo jeito, de circo.
Anteontem, 31/07, também foi um dia memorável para Aécio Neves, soube que havia sido novamente pedida sua prisão. Mas aí veio a notícia boa para ele: qualquer uma das turmas que for analisar o pedido será tranquilo, pois em cada uma ele tem um brother: na primeira, Alexandre de Moraes, não sei se é tão brother assim, pois antes terá que pedir permissão ao papi Geraldo Alckmin, e na segunda turma, o grande e infalível amigão de todas as horas, Gilmar Mendes.  Parece que mais uma vez o mineiro vai se livrar de ver o sol nascer quadrado.

E para terminar, é hoje que a porca torce o rabo para Temer, será o dia derradeiro para saber se sua compra no mercado de votos deu certo, ou quantos Judas poderão aparecer de última hora.

Ufa…e hoje ainda é quarta-feira, de manhã

Rita Gomes Todeschini é blogueira politica em Brasilia e colunista do Colombo Atenta.

Deixe uma resposta