Criado em 2015 com a finalidade de servir de elo entre a comunidade colombense e o poder público, o Conselho Comunitário de Segurança de Colombo (Conseg), presidido pelo advogado, Dr Evandro Lazarotto , ao que tudo indica paralisou suas atividades . Não há mais nenhuma movimentação no sentido de novamente reunir os membros e promover reuniões nos bairros, para em conjunto com os órgãos de segurança do estado buscarem soluções para as demandas da população de Colombo, uma das cidades que mais sofrem com a violência no Paraná.

Em novembro de 2015 o presidente do Conselho ,Evandro Lazarotto e Leobeti Dias estiveram reunidos com o com major Suildo João Biscaia Filho do 22o Batalhão da Polícia Militar do Paraná , buscando aproximar mais o Conselho das ações da PM.

Com uma página no Facebook, o Conseg não postou mais nenhuma informação referente às pautas e novas reuniões .

Ao que parece com o fim do processo eleitoral o Conselho Comunitário de Segurança também não mais se reuniu e nem está em nova fase de organização.

Uma das ações das mais importantes que o grupo estava reivindicando era a implantação do núcleo de atendimento para mulheres vítimas de violência. Não temos noticias sobre o assunto. Nos últimos dias a professora Alessandra Babetto e a ativista política, Marici Seles, vêem trazendo à tona essa questão.

Resta saber se o Conseg estava servindo apenas para interesses políticos, ou se houve ou haverá alguma mudança na direção e a retomada das atividades.

 

Postado por Luara Claucio

Deixe uma resposta