A greve dos médicos de Colombo além de não contar com a vontade da prefeita Beti Pavin em receber os líderes do movimento , também está sendo ignorada pela mídia de Curitiba e região metropolitana.

Até agora apenas a BandNews e o Paraná Portal deram algum destaque a paralisação.

O pior de tudo isso é o fato de o Paraná não ficar sabendo da situação de calamidade que o município vive no setor há anos. Só divulgam quando acontece casos envolvendo usuários do sistema de saúde de Colombo quando esse acontece nas unidades da capital , como no caso da confusão entre a enfermeira do UPA Boa Vista e uma paciente colombense ocorrido no mês de abril  deste ano.

Há 4 dias atrás a rádio Banda B do deputado estadual , Luiz Carlos Martins , denunciou o descaso que ocorre no setor em Almirante Tamandaré . Mas o mesmo caso é rotina em Colombo , e o jornalismo da rádio do deputado que é amigo da prefeita Beti Pavin ignora os fatos.

Todos sabem como funciona o jogo nesses acordos , é só dar uma checada no repasse de verbas de publicidade para os meios de comunicação e daí conferir.

Para a prefeita tem espaço aberto a hora que ela quiser como no mês de maio quando esteve nos estúdios da rádio para se auto-promover . Mas não há espaço ou compromisso jornalístico com a situação criada pela falta de gestão da administração pública na área mais essencial para o cidadão que está largado pela atual administração.

Além da Banda B outros órgãos sequer deram uma nota de esclarecimento sobre o assunto . Apenas a RIC TV .

Como em Colombo não tem mídia atuante , a informação para a população fica a cargo das redes sociais que muitas vezes distorcem os fatos sem contar que os comissionados estão sempre atentos para defender os interesses do grupo da prefeitura e sem denúncia grande midia a pretensão da prefeita é calar os grevistas e maquiar a o caos.

Deixe uma resposta