Parece que atual administração de Colombo elegeu o Jardim Osasco para ser o bairro largado pela gestão. Além de contar sem nenhuma unidade de saúde em funcionamento , e com vários problemas de infraestrutura , agora a reclamação atinge os limites do além . A capela mortuária inaugurada em agosto de 2003 pela segunda gestão de Beti Pavin , está funcionando em condições precárias e praticamente largada pela pasta responsável , a Secretaria de Ação Social.

Segundo o denunciante o local não possui vigias , está com janelas quebradas , não tem botijão de gás , os sanitários estão com defeitos , falta utensilios na cozinha , além da parte externa estar sem cuidados sem o corte do mato e falta de manutenção é visivel.

Deixe uma resposta