Com a suspensão da sessão extraordinária na Câmara de Vereadores de Colombo  que iria votar em segunda e definitiva a votação do PL 007 , profeto do executivo municipal alterando pontos importantes no PLANO DA CARGOS E SALÁRIOS , retirando direitos adquiridos do funcionalismo municipal , os dois sindicatos representantes da classe em Colombo mostraram sua força . O Sindicato Municipal dos Servidores de Colombo e a APMC Sindicato dos Professores , que sempre tem sido a entidade com mais poder de fogo para reivindicar pelos seus filiados.

A suspensão da sessão determinada pelo presidente da CÂMARA DE VEREADORES , Wagner Brandão apenas expôs tudo que os funcionários desejam e querem , um debate mais aprofundado das medidas para que não se cometam erros que irão refletir no futuro de todos , 15 vereadores da base aliada da PREFEITA BETI PAVIN , são favoráveis ao pacote de maldades , somente Thiago de Jesus (PSB) é contrário , Wagner Brandão não vota por ser presidente do legislativo ,só em caso de empate.

Os vereadores de oposição , Anderson Prego (PT) , que comprou a briga dos servidores desde o inicio da divulgação do pacotaço , afirmou que essa é mais uma luta dos trabalhadores contra as politicas neoliberais dos governos que através de medidas contrárias aos interesses coletivos desejam impor derrotas por meio de pactos de bastidores.

O vereador Eurico Dino (PR) ,também eleito pela oposição , está ao lado servidores e quer uma discussão mais abrangente para o PL 007. .

NOTA DA APMC SINDICATO:

VITÓRIA HISTÓRICA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE COLOMBO
O dia 23 de junho ficará marcado na história do município de Colombo como uma data inesquecível de luta e residência dos servidores municipais que com garra, determinação, coragem e união conseguiram IMPEDIR que acontecesse a SEGUNDA VOTAÇÃO do PROJETO 007/2017 que retira direitos dos trabalhadores, sobretudo o direito de progressão na carreira nos últimos 5 anos. Além disso, extingue cargos, a fim de TERCEIRIZAR os serviços públicos e para piorar fere o princípio constitucional da ISONOMIA ao incluir uma TABELA SALARIAL apenas de um dos cargos, o MÉDICO. Reiteramos que não somos contra os médicos, mas sim ao fato de apenas a TABELA SALARIAL deles estar inclusa no Projeto 008/2017. Enquanto, continuamos sem a DATA-BASE 2017, sem receber as PROGRESSÕES desde 2015, sem receber a AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO… jamais aceitaremos projeto algum que queira RETIRAR DIREITOS… JAMAIS… E foi com esse espírito que cada Trabalhador participou HOJE… com o grito: RETIRA, RETIRA, RETIRA OS PROJETOS e EI VEREADOR, VOTE A FAVOR DO SERVIDOR!!!
Diante da multidão dos trabalhadores presentes o presidente da Câmara, Vagner da Viação encerrou a sessão sem colocar em SEGUNDA VOTAÇÃO o PROJETO 007/2017. Uma VITÓRIA HISTÓRICA. Os vereadores presentes esclareceram que só podem RETIRAR O PROJETO, o EXECUTIVO MUNICIPAL, visto que é o mesmo, o AUTOR DOS PROJETOS. Ou seja, agora nossa luta é com o EXECUTIVO MUNICIPAL, no GABINETE DA PREFEITA, para que a mesma retire esses dois PROJETOS DA PAUTA… Os trabalhadores marcharam até o PAÇO MUNICIPAL, formaram uma COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO para conversar com a PREFEITA. No entanto, quem atendeu a COMISSÃO, foi o secretário, JOSÉ AMAURI, que falou em nome da prefeita e garantiu que o projeto não irá para votação nos próximos dias e que a prefeita irá receber a COMISSÃO segunda ou terça-feira da semana que vem.
Continuaremos em ESTADO DE ALERTA TOTAL, acompanhando a divulgação das PAUTAS DA CÂMARA e lutando contra a retirada de direitos.
Também foi aprovado a participação na GREVE GERAL, do dia 30 de junho de 2017 contra a REFORMA DA PREVIDÊNCIA e contra a REFORMA TRABALHISTA…
Teremos ASSEMBLEIA sobre o INDICATIVO DE GREVE, dia 04/07/2017, para definirmos se entraremos em GREVE ou não pelo pagamento da DATA-BASE 2017, progressões, adicional de mérito… participe e ajude a divulgar!!!

Deixe uma resposta