A prefeita Beti Pavin e o secretário de Saúde de Colombo , não podem tratar problema da greve dos médicos como um ato isolado , pois não é! Essa greve é ápice do má gestão da área que a prefeita enfrenta desde que assumiu em 2013 , e bom lembrar que esse é um mandato de continuidade , não é uma nova gestão .

Nestes quatros anos e meio a frente da prefeitura , Beti Pavin teve que se confrontar com três greves na área da saúde , duas na educação , e vem mais uma por  ai , a dos dentistas.

Se o problema fosse apenas o salário dos médicos , a questão estava fácil de se resolver , mas a briga dos profissionais é pelo descaso com o setor em geral , que vem sendo denunciado há anos. A população está esperando melhores condições de atendimento , os médicos estão trabalhando em condições precárias e com um salario defasado.

Todos sabem que os investimentos em saúde são prioritários , e Colombo depende hoje de Curitiba , do UPA Boa Vista , que foi palco de uma briga entre uma paciente de Colombo em surto contra uma enfermeira da Unidade. Sem contar os mais diversos casos que bobam diariamente nas redes sociais.

O secretário de saúde , Dr Darci Braga é principal responsável pela crise , é um mau gestor , e quer jogar a conta dessa paralisação na conta de onze médicos do PA DO MARACANÃ . Isso é uma piada! O Sindicato dos Médicos do Paraná nem teria aceito dialogar sobre greve se ela não fosse da vontade da maioria da classe .

Com mais de 70% de reprovação e fechada para o dialogo com os médicos , sim , porque com ela os médicos aceitam falar e sentar a mesa para negociar , o Dr Braga já esgotou seu repertório de atitudes que não vão de encontro ao que deseja a população e  a classe médica. Beti perde a chance de sair dessa .

Quando assumiu seu primeiro mandato em 1996 , fez aquilo que é sua maior inovação na área de saúde até agora , ao nomear Hélder Lazaratto , um gestor de administração para a Saúde , e o resultado foi oito anos de tranquilidade . Jota foi pelo mesmo caminho no primeiro mandato . Beti sabe que nenhum médico vai gerir a gestão da saúde sem que haja conflito de interesses , um médico não se dedica de forma integral ao setor , mas um gestor sim .

Além de não dialogar mais com sua equipe de trabalho , Beti é teimosa e orgulhosa , prefere prejudicar toda uma população a ter que abrir mão de só dar ouvidos aos amiguinhos da salinha . Até porque ela nem ouve mais seus companheiros de campanha.

A prefeita também erra ao querer levar essa questão e outras para o palanque eleitoral . Só pode ser gozação , se a eleição fosse hoje , ela perderia para o “Zé da Esquina” , Beti está definhando politicamente a cada dia , e ainda tem que carregar a mala do Beto Richa , mas prefere contemporizar , e pensar que tudo é como há 21 anos atrás , quando detinha uma popularidade de fazer inveja , e jogar um movimento legitimo de greve contra o povo . Não tem mais , perdeu essa popularidade e credibilidade faz tempo.

Deixe uma resposta