Os médicos da Rede Municipal de Saúde , que decidiram em Assembléia Geral Extraordinária na última terça-feira (6) deflagrar greve geral a partir do dia 13 de junho , iniciaram nesta quinta-feira (8) uma campanha de divulgação para a imprensa , visando levar á população as razões e os motivos que levaram a classe a tomar a decisão de paralisar sua atividades .

Muito se tem comentado em redes sociais que os profissionais não tinham o porquê da deflagração da greve , a maioria no entanto está ciente de que a classe só tomou tal decisão devido a falta de recursos para trabalhar , baixos salários e cortes por parte da prefeitura na área da saúde. O setor mal avaliado pela população está recorrendo as unidades de saúde Curitiba para ser atendida. Dia desses nem em Curitiba houve como atender uma paciente em risco de um AVC , a moradora do Jardim Santa Tereza teve que ser internada em Campo Largo.

Deixe uma resposta