Pelo andar da carruagem a edição de um novo decreto por parte da Prefeita Beti Pavin , nos moldes do decreto anterior que visava brecar os gastos da Prefeitura , com contenção de despesas e novas contratações foi abortado. E a razão é bem simples de se entender: Beti Pavin não quer fechar as portas e ficar refém de suas promessas de campanha e com isso ver um exército de apoiadores debandando para a oposição.

A partir de agora a jogada da prefeita parece ser a de empurrar os casos com a barriga , nomeando quem tem mais ativo eleitoral e atendendo a pedidos de gente mais graúda ,  deixando de lado os nanicos .

Outra questão que está pesando nisso tudo é a possivel greve da Educação e da Saúde , a prefeita não tem mais aonde cortar gastos , ou até tem , mas não irá mexer nos interesses da antessala do poder.

Beti Pavin , não está numa sinuca de bico ainda , apenas terá de usar de mais lábia para conter os pedidos dos apoiadores de campanha que dia a dia chegam até ela.

Deixe uma resposta