Toda conferência é um espaço de participação popular onde se pensa e escreve propostas de políticas públicas para uma determinada área, além de eleger delegadas e delegados que farão a defesa de propostas de âmbito Estadual, bem como a delegação que participará das conferências Nacionais.

 

Na IV Conferência Nacional de Promoção de Igualdade Racial terá o tema “O Brasil na década dos Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento” e será realizada de 5 a 7 de novembro de 2017, em Brasília. No Paraná terá como sub-tema o enfrentamento ao racismo institucional, realizar-se-á em Curitiba, entre os dias 18 a 20 de agosto de 2017. A etapa municipal deve ocorrer no mês de junho ou julho sendo convocada até dia 14 de junho de 2017 para todos os municípios do Estado.

 

A população negra precisa de políticas públicas de ações afirmativas?

 

Este tipo de política propõe medidas de reparação histórica de desigualdades e desvantagens acumuladas que um grupo racial ou étnico, tais políticas favorecem o acesso destes grupos a fim de efetivar a igualdade de oportunidades.

 

 

Segundo o CENSO 2010 do IBGE, os negros (pretos e pardos) eram a maioria da população brasileira em 2014, representando 53,6% da população. A população negra no Paraná corresponde a 28% dos residentes no Estado. No município de Colombo a população negra corresponde a 34 % da população.

 

Conforme dados do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) quando se analisa a etnia das pessoas mortas em confronto com a polícia nos primeiros seis meses de 2016, nota-se uma distorção: das 149 mortes, 72 são de pessoas negras, ou 48,3% do total.

 

Em 2005 apenas 5,5% de jovens negros (as) em idade universitária conseguiam entrar no ensino superior, hoje este índice subiu para 12,8% entre jovens de 18 a 24 anos Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este avanço aconteceu devido às diversas políticas de ações afirmativas implantadas nos últimos 13 anos como o PROUNI, FIES, Cotas nas universidades públicas para negros e quem estudou em escola pública, além da construção de muitas universidades públicas no último período.

 

Portanto a realização da Conferência de Promoção de Igualdade Racial do Município de Colombo é um avanço para o nosso Município tendo em vista a importância de elaborar e avaliar a implementação de políticas públicas, ações, programas e projetos para promoção da igualdade racial e enfrentamento à discriminação em razão de raça, cor, etnia, religião e origem, em âmbito Municipal e Estadual.

 

 

Fique atentos e atentas e participem!

A Conferência de Promoção de Igualdade Racial do Município de Colombo deve ocorrer no mês de junho ou julho, a Prefeitura Municipal de Colombo já está em processo de organização em conjunto com os movimentos sociais para a realização deste importante espaço de participação popular na política

 

Marici Seles – Conselheira Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Paraná pela Rede Mulheres Negras PR

 

Marici Seles
Assessora Parlamentar 

Deixe uma resposta